Sidebar

25
Sáb, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
Representativo e de estimado valor político, assim foi o lançamento da Cartilha “A Mulher no Mundo do Trabalho” na noite de quinta-feira, dia 21 de maio, no Tropical Hotel da Bahia, em Salvador.

As fortes chuvas que caem na capital baiana há um mês, trazendo transtornos à população, não impediram que cerca de 150 pessoas, entre mulheres e homens, trabalhadores e trabalhadoras, donas de casa, sindicalistas, parlamentares e com cargos públicos prestigiassem o lançamento da publicação editada pela Secretaria da Mulher da CTB Nacional em formato de revista e ilustrativa.

Fotos: Manoel Porto


Rosa de Souza, secretária estadual da mulher, abriu o evento falando da importância em fazer o lançamento da cartilha em terras baianas e da necessidade das entidades sindicais implantarem políticas específicas para incluírem as mulheres trabalhadoras no dia-a-dia das lutas das categorias, respeitando, sobretudo, suas especificidades. “O Lançamento desta cartilha é de fundamental importância, pois permitirá o conhecimento e a conscientização dos seus direitos, bem como formas de combate à opressão nos locais de trabalho, e na sociedade.

Abigail Pereira, secretária da mulher da CTB, apresentou a publicação e reafirmou que para a CTB é questão de princípio a inclusão ativa das trabalhadoras na vida da entidade, que traz em seu nome o diferencial dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. “Para nós a participação das mulheres na vida sindical e na vida política da sociedade é de fundamental importância para que organizadas sejam respeitadas e valorizadas enquanto força produtiva, e por possuírem características próprias como ser mãe, mulher e trabalhadora. Abigail Pereira destacou o número assustador de casos de assédio moral nos locais de trabalho em todo o país e afirmou que a denúncia é a melhor arma, e que a cartilha terá essa tarefa de orientar e informar às trabalhadoras como se defenderem.

Fotos: Manoel Porto


Participaram da mesa representantes da Secretaria Estadual de Trabalho, Emprego e Renda, Karine Oliveira, da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, Isa Simões, da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Bahia, Josefa da Silva, da União Brasileira de Mulheres, Patrícia Ramos e a deputada federal pelo PCdoB, Alice Portugal. Todas se pronunciaram, e em nome das instituições ressaltaram o papel social das mulheres e da importância do trabalho em suas vidas, sua valorização enquanto mães e suas participações políticas na sociedade conquistadas com muitas lutas.

Estavam no plenário mulheres e homens, representando diversos sindicatos de trabalhadores, ente eles - Comerciários, Bancários, Construção Civil, Sindibeb, Portuários, Aplb-Sindicato, Metalúrgicos da Bahia e de Camaçari. Também com representação a União da Juventude Socialista, Articulação de Mulheres Brasileiras e Partido Socialista Brasileiro. Juliêta  Palmeira, membro da direção estadual falou em nome do Partido Comunista do Brasil.

Fotos: Manoel Porto

O ato político de lançamento da cartilha foi encerrado com uma cantoria de Josefa Silva da Fetag sobre a luta das mulheres e o fato de não terem medo de ir à luta.  O evento teve continuidade com uma confraternização no Sindicato dos Bancários da Bahia com o Show do Grupo VivaVós no Espetáculo Musical Rodovia do Samba. 

Texto: Kardé Mourão
Fotos: Manoel Porto




0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.