Sidebar

23
Ter, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A primeira mesa de debates do 2° Encontro Nacional da Mulher Trabalhadora da CTB, que acontece desta sexta-feira (22) até domingo (24), em Brasília, foi conduzida pelo representante da Coalizão pela Reforma Política e Democrática, Aldo Arantes.

Em sua exposição, Arantes destacou o papel das mulheres no cenário político do país. "O tema desse encontro está em sintonia com a realidade do momento, do que está acontecendo no Brasil. E as mulheres têm um papel decisivo na política e tem que participar efetivamente da discussão da Reforma Política e Democrática", disse.

Arantes explicou que o objetivo da Coalizão é a defesa de um sistema que gere mais igualdade na disputa. "No sistema atual, ganha quem tem mais dinheiro. O sentido [da Coalizão] é democratizar. O financiamento democrático de campanha é o que a Coalizão defende. Defendemos o sistema proporcional, que é uma bandeira histórica dos trabalhadores, da esquerda no mundo", afirmou ao destacar que "a CTB tem dado grande contribuição para o projeto da Reforma Política Democrática". "Inclusive, a CTB foi muito impotante para o êxito da passeata que fizemos em Brasília", se referindo ao movimento do dia 20 de maio.

Aldo Arantes também ressaltou que é preciso pressionar o Congresso Nacional e fazer o debate. "Que as mulheres se unifiquem e fortaleçam o debate", disse o palestrante que elogiou a "presença forte e combativa das mulheres trabalhadoras da CTB".

Também compuseram a mesa de debates o presidente Adilson Araújo, e as dirigentes cetebistas Kátia Gaivoto, secretária-geral adjunta; Raimunda Gomes (Doquinha), secretária de Comunicação; e Ivânia Pereira, secretária da Mulher Trabalhadora.

De Brasília,

Daiana Lima - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.