Sidebar

25
Sáb, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em comemoração ao Dia da Trabalhadora Doméstica, que ocorre em 27 de abril, o Ministério do Trabalho e Previdência reuniu trabalhadoras e trabalhadores domésticos, em uma solenidade em São Paulo nesta sexta-feira (29), onde garantiu que vai enviar ao Congresso Nacional uma proposta de ratificação da Convenção 189, da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O ministro Miguel Rossetto assegurou que o governo visa atender essa antiga reivindicação das trabalhadoras domésticas. A Convenção 189 regulamenta o trabalho doméstico, estendendo-lhes os direitos de toda a classe trabalhadora, de acordo com a legislação vigente em cada país.

Representando a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), a secretária da Mulher da CTB-SP, Gicélia Bitencourt saudou o acontecimento e fez alusão também à Convenção 156 da OIT, que determina a igualdade entre homens e mulheres no mercado de trabalho.

Além disso, ela afirmou que “o país vive um momento delicado em sua conjuntura política, mas uma ação dessa natureza serve para reforçar a pauta trabalhista, garantindo os direitos conquistados e proporcionando melhorias nas condições de trabalho das domésticas”.

Ela também acredita que um evento desse porte “às vésperas do 1º de Maio, nesse momento de luta, colabora para aumentar a mobilização das trabalhadoras e trabalhadores para defender a democracia e as conquistas importantes para a vida de quem produz a riqueza deste país.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.