Sidebar

21
Qui, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Coletivo Internacional da CTB se reuniu nesta segunda-feira (14), em São Paulo, para discutir o Plano de Ação da Secretaria de Relações Internacionais durante a gestão que iniciou no final de agosto, após a realização do 3º Congresso da Central.


Foi a primeira reunião do Coletivo comandada pelos novos dirigentes à frente da Pasta: Divanilton Pereira e José Adilson (adjunto). Ambos destacaram a importância da geopolítica para a luta do movimento sindical em todo o mundo, além de terem destacado o papel exercido pela CTB durante seus primeiro anos de existência.

Coube ao vice-presidente da Federação Sindical Mundial (FSM), João Batista Lemos, a tarefa de fazer uma exposição inicial, na qual ele expôs a atual conjuntura internacional, sob a ótica da classe trabalhadora. Batista, que foi secretário adjunto de Relações Internacionais da CTB até o 3º Congresso, destacou os efeitos da crise que atinge o capitalismo. “As transformações que estamos assistindo trarão mudanças profundas para o movimento sindical internacional”, ponderou.

coletivo inter2
Diante desse novo cenário, Divanilton Pereira destacou que “a crise é uma oportunidade para que o pensamento classista”. José Adilson, por sua vez, afirmou que “nossa ideologia tem feito a diferença”, referindo-se à forma como a CTB tem se posicionado diante da atual conjuntura internacional.

Plano de Ação

Na segunda parte da reunião, o novo secretário de Relações Internacionais apresentou ao Coletivo uma proposta de Plano de Ação para o período entre 2013-2017. Após suas considerações, os demais dirigentes puderam contribuir com sugestões para a elaboração final do documento, que será discutido de maneira mais ampla pela Executiva da CTB no final deste mês.

Agenda

Os membros do Coletivo também puderam tomar conhecimento da Agenda com as principais atividades da Secretaria de Relações Internacionais para os próximos meses. Divanilton Pereira afirmou que, até o final de 2013, os esforços estarão concentrados para duas atividades: o Congresso da UIS Metal, a ser realizado entre 23 e 25 de outubro, no Rio de Janeiro, e o 2º Encontro Regional da Juventude da FSM, marcado para os dias 8 a 10 de novembro, em Montevidéu (Uruguai).

Fernando Damasceno – Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.