Sidebar

16
Dom, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) sediou, nesta quarta-feira (31), a primeira audiência pública do Grupo de Trabalho da Comissão da Verdade no Ministério do Trabalho, composto pelas centrais sindicais, entre elas a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), e entidades, sobre as intervenções do órgão nas entidades sindicais no período militar.

Durante a atividade, foi entregue ao representante do Ministério do Trabalho um documento no qual as centrais sindicais exigem um levantamento do órgão de todas as entidades sindicais que sofreram intervenção no período investigado pela Comissão da Verdade e também um pedido de desculpas por parte do Estado e indenização às vítimas.

A atividade também homenageou líderes de organizações de trabalhadores que resistiram e lutaram pela democracia.

Ao longo do ano serão realizadas audiências públicas em Belém, Rio de Janeiro, Recife, Porto Alegre e Brasília para levantar dados sobre as intervenções. As atividades se encerrarão no dia 5 de dezembro com um ato em São Paulo com a apresentação do relatório final.  

Além das centrais também integram o GT, o IIEP (Intercâmbio, Informações, Estudos e Pesquisas) e o Dieese. O grupo de trabalho investiga as intervenções e o modus operandi do Ministério do Trabalho contra as entidades sindicais e o papel do SNI (DSIs ,ASIs) no MTE e nas Delegacias Regionais do Trabalho do governo Dutra até o fim da ditadura civil-militar.

Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.