Sidebar

21
Qui, Fev

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

As frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, organizações que reúnem diversos movimentos sociais entre eles a CTB, farão um ato no próximo domingo (4) em São Paulo para, mais uma vez, denunciar o golpe contra a democracia do país, que afastou a presidenta democraticamente eleita, Dilma Rousseff.

Leia também: Na noite da posse de Temer, a ordem foi soltar tiro, porrada e bomba nos manifestantes

Segundo o secretário de Políticas Sociais da central, Rogério Nunes, o protesto também será contra a “truculência da polícia militar que reprimiu violentamente os cerca de 20 mil manifestantes que saíram às ruas, na noite da última quarta-feira (31), em repúdio ao governo golpista de Temer Golpista”, afirmou o sindicalista.

Rogério afirmou que o momento é de resistência e unidade da classe trabalhadora, dos movimentos sociais e de toda a população em defesa da democracia.

Deborah Fabri, que participou da manifestação, perdeu a visão do olho esquerdo após ser atingida “ou por estilhaços de bombas ou por bala de borracha”, que foram lançadas pelos policiais, segundo as testemunhas.

“A CTB convoca os trabalhadores e trabalhadoras para se solidarizarem com os manifestantes”, disse. Segundo ele, esta repressão contra a população “foi uma ação covarde desta polícia fascista do estado de São Paulo que não tem compromisso nenhum com a democracia”, argumentou Rogério.

A atividade será a partir das 15 horas, em frente ao Masp, na Avenida Paulista. Confirme sua participação no evento do facebook e convide amigos.

Érika Ceconi - Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Últimas notícias