Sidebar

26
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

No dia 21 de maio, o Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) realizou assembleia de eleição onde foram nomeados os representantes da sociedade civil que irão compor o conselho da entidade no período de 2010 a 2012.

O CNAS é um órgão composto por representantes do governo e da sociedade civil, divididos em três segmentos ligados a assistência social: entidades, usuários e trabalhadores.

A CTB participou deste processo no segmento dos trabalhadores e foi à única Central eleita como titular. Este resultado é importante para a luta classista que foi possível graças às atividades que já são realizadas pela Entidade nos estados da federação.

Segundo o secretário de Políticas Sociais da CTB, Carlos Rogério Nunes, a partir de agora a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil buscará uma ampla mobilização em defesa dos direitos do trabalhador. “São muitos os desafios, mas esperamos que a CTB consiga, como integrante do CNAS, instalar uma mesa de negociação, junto ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS)”, diz.

“As áreas de saúde e previdência já estão bem avançadas. Existem mesa de negociação, já têm convenção coletiva assinada e tudo. Agora a malha da assistência social é que é muito nova, apenas seis anos, então nós temos um importante desafio, como conselheiros, pois agora temos uma política que garante a assistência social como dever do estado e direito do cidadão. Mas, para que possamos consolidar isso é preciso que os trabalhadores sejam, devidamente, regulamentados e em regime CLT”, conclui Rogério.

Por Fábio Rogério Ramalho – Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.