Sidebar

16
Dom, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Há 50 anos do golpe civil-militar no Brasil, que causou a perseguição, tortura e morte de diversos trabalhadores, além da repressão ao movimento sindical, a CTB fará um ato em homenagem aos que lutaram pelos direitos da classe trabalhadora.

De acordo com o secretário de políticas sociais da CTB, Rogério Nunes, que representa a Central no Grupo de Trabalho da Comissão Nacional da Verdade “Ditadura e Repressão aos Trabalhadores e ao Movimento Sindical” integrado por dez centrais “fazer este resgate histórico é fundamental para esclarecer o que ocorreu durante os 21 anos de repressão, nos quais os trabalhadores foram os mais atingidos”, ressalta o cetebista.

O GT dos trabalhadores tem promovido uma série de atividades para relembrar a data, além de fomentar a investigação nos sindicatos sobre as graves violações aos direitos humanos cometidas durante o período (1964-1985).

O ato político-cultural, que ocorre em parceria com a Fundação Maurício Grabois, contará com apresentações musicais e a exibição de trechos de documentários sobre o tema além da homenagem aos que resistiram e enfrentaram o golpe.

Para saber mais sobre as atividades do GT acesse: trabalhadoresgtcnv

Serviço:
Ato em homenagem aos trabalhadores e trabalhadoras vítimas da ditadura
Quando: 14 de maio – quarta-feira
Horário: 19 horas
Local: Centro Cultural Vergueiro, que fica na Avenida Vergueiro, nº 100 – Paraíso (próximo à estação Vergueiro do metrô)

Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.