Sidebar

21
Qui, Fev

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

No próximo domingo (27), os paulistanos voltarão às ruas para protestar contra o ataque de Israel em Gaza que, em 16 dias de ofensiva, já deixou mais de 600 palestinos mortos – a maioria civis entre mulheres e crianças – e cerca de 3.500 feridos e mutilados.

Este será o segundo ato unificado dos movimentos sociais em solidariedade à Palestina que ocorre em São Paulo. No último sábado (19), milhares se reuniram em frente ao Consulado de Israel para exigir o fim do genocídio do povo palestino. 

Na avaliação do secretário de Políticas Sociais da CTB, Rogério Nunes, diante destas atrocidades é necessário continuar com a mobilização popular para denunciar os crimes sionistas encobertos pela mídia. “Vamos continuar denunciando esta carnificina que Israel está cometendo contra a população palestina”, frisou o cetebista. 

No Brasil, além de São Paulo, já houve manifestações em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Campinas, São Gonçalo (RJ) e estão programadas novas atividades. Também ocorreram protestos em Londres, Paris, Nova Iorque, Chicago, Santiago do Chile, Tóquio e Turquia. 

A concentração para o 2º Grande Ato Unificado pela Palestina começa a partir das 11 horas, deste domingo (27), na Praça Oswaldo Cruz - início da Avenida Paulista, perto da estação Paraíso do Metrô - e segue em caminhada até o Parque do Ibirapuera.   

Outras informações na página do evento no facebook

Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Últimas notícias