Sidebar

16
Dom, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

trabalho infantil1A menos de um mês da 3ª Conferência Global sobre o Trabalho Infantil, os internautas têm a oportunidade de somar esforços ao movimento mundial contra o trabalho infantil.

Doando simbolicamente a imagem de seu perfil no Twitter ou Facebook  os usuários ajudarão virtualmente a percorrer o trajeto entre Haia - sede da última Conferência - e Brasília, que entre os dias 8 e 10 de outubro de 2013 receberá o evento. 

A CTB participará da Conferência, de acordo com o secretário de Políticas Sociais da Central, Rogério Nunes, este encontro será muito importante para extinguir esta prática no Brasil e no mundo. Segundo ele, apesar de o trabalho infantil ter diminuido no país, milhares de crianças e adolescentes ainda estão submetidas à estas condições. "Temos que acabar com isso", exclamou. 

De acordo com pesquisa divulgada na última quarta-feira (12) pelo Fórum Nacional para a Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), o número de crianças e adolescentes (de 5 a 17 anos) que trabalham em atividades econômicas ilegais em 2011 foi de 3,7 milhões, o que representa uma diminuição já que em 2008 essa cifra era de 4,5 milhões. 

Conferência 

A 3ª Conferência Global sobre Trabalho Infantil será uma oportunidade de fazer um balanço dos progressos alcançados desde a adoção da Convenção nº 182 da Organização Internacional do Trabalho sobre a eliminação das Piores Formas de Trabalho Infantil, bem como de propor medidas para acelerar a ação rumo à meta de 2016, tendo em conta as experiências mais exitosas que estão em curso nos cinco continentes. Presidida e organizada pelo governo brasileiro, esta Conferência conta com o apoio da OIT e reunirá delegações de 193 países, que serão formadas por representantes dos governos, organizações de trabalhadores e empregadores e sociedade civil.

Marcha Virtual

Por meio do aplicativo da Marcha Virtual, os internautas podem somar-se aos esforços globais, contribuindo com suas fotos para formar o símbolo mundial da mobilização contra o trabalho infantil, o catavento, que chegará à Conferência em Brasília. O catavento de cinco pontas foi escolhido como símbolo mundial de combate ao trabalho infantil por ser representativo dos cinco continentes, da diversidade, também carregando o significado de movimento e sinergia, simbolizando a necessidade constante de ações em prol da eliminação do trabalho infantil.

Cada pessoa que apoiar a iniciativa estará também contribuindo com 100 metros simbólicos dessa trajetória de mais de 8 mil quilômetros que separam Haia e Brasília. No mesmo aplicativo os usuários poderão conhecer a situação das crianças e adolescentes além das iniciativas desenvolvidas para eliminar o problema.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.