Sidebar

22
Seg, Abr

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Milhares de pessoas tomaram as ruas do centro de Porto Alegre (Rio Grande do Sul), na tarde da última terça-feira (19), durante a tradicional marcha de abertura do Fórum Social Mundial Temático. O encontro acontece na capital gaúcha até sábado (23).

Leia também:
CTB organiza participação em Fórum Social Mundial Temático em Porto Alegre
CTB convoca militância para Fórum Social Mundial
 
CTB divulga programação e convocatória do Fórum Social Temático

A CTB marcou presença na atividade que também celebra os 15 anos do evento e reúne representantes do movimento social para buscar alternativas às políticas neoliberais, o imperialismo e toda a forma de opressão aos países e povos. 


O presidente da CTB, Adilson Araújo, destaca o fato de o evento ocorrer neste momento em que a América Latina sofre as consequências da crise econômica mundial. Para ele é preciso ganhar as ruas contra as tentativas de desestabilização. “Vamos enfrentar a crise política com luta”, diz o sindicalista que está em Porto Alegre para acompanhar as atividades da central sindical. (Confira aqui a programação)

Antes da marcha, a CTB realizou uma plenária que debateu “Os desafios dos trabalhadores diante da Crise e da Ofensiva Neoliberal”. Durante a atividade, Araújo criticou o conservadorismo da Câmara presidida pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está sendo investigado por denúncias de corrupção e enfatizou que mesmo com as dificuldades “o governo encerrou o ano aprovando um reajuste do salário mínimo acima da inflação”, frizou o presidente.

Em defesa da democracia

Segundo o dirigente, durante caminhada que reuniu cerca de 10 mil pessoas os manifestantes clamavam palavras de ordem em favor da defesa da democracia e contra qualquer tentativa de golpe no país, uma das mais ouvidas, disse, foi o “Fora, Cunha”.

Além dos movimentos sociais, também participam do evento representantes do Governo como o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rosseto.

Ao ser questionado sobre a insatisfação de setores do movimento sindical com a política econômica, o ministro afirmou que mantém o diálogo permanente e uma relação de “profundo respeito” com o setor. As atividades seguem durante toda a semana. Acompanhe a programação completa no site oficial do evento.

Portal CTB, com agências 
Foto: Guilherme Santos/Sul21

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.