Sidebar

21
Ter, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Dezenas de dirigentes sindicais, militantes do PCdoB, familiares e amigos de Paulo Colombiano e Catarina Galindo realizaram, na tarde desta terça-feira (21), um ato em frente ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), para pedir celeridade no julgamento dos acusados e justiça para o casal, assassinado há sete anos, em Salvador.

O julgamento dos recursos da acusação e da defesa que estava previsto para esta terça-feira, foi adiado para o dia 5 de dezembro, depois que um dos desembargadores pediu vistas ao processo. A fim de pressionar contra novos adiamentos e continuar vigilante em relação ao caso, os manifestantes farão novo protesto dia 5, inclusive realizarão um café da manhã logo cedo, com pretensão de passar todo o dia em frente ao TJ-BA, até que aconteça o julgamento dos recursos.

Estiveram presentes ao ato o presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, e da CTB-BA, Pascoal Carneiro, além do secretário de Comunicação Estadual do PCdoB, Geraldo Galindo, que é irmão de Catarina e cunhado de Colombiano.

CTB-BA

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.