Sidebar

21
Dom, Abr

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

No final da tarde desta segunda-feira, 30, dois trabalhadores foram vítimas de uma explosão que ocorreu no setor de galvanização da BBosch. Os operadores de ponte rolante trabalhavam no setor de galvanização a fogo, quando uma das peças colocada no setor de secagem, após o banho de zinco, explodiu.

Os diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região estiveram presentes na empresa, logo após o ocorrido, e, desde então, acompanham as investigações do Ministério Público e prestam apoio aos familiares das vítimas. Um está em estado grave e outro muito grave na UTI do Hospital Unimed.

“Precisamos estar cada vez mais em alerta. A reforma trabalhista também é um ataque à saúde e à segurança dos trabalhadores. Temos que ter garantia de que vamos sair bem de casa para trabalhar e voltar nas mesmas condições, com saúde e segurança, não carregado para o hospital”, afirmou o presidente do sindicato, Claudecir Monsani.

Denúncia

bbosch denuncia

Em maio deste ano, o Sindmetal de Caxias do Sul registrou uma denúncia no Ministério do Trabalho, alertando sobre as precárias condições de trabalho na empresa. Na ocasião, diversos trabalhadores registraram suas queixas na entidade dos metalúrgicos, alegando que o local colocava em risco a saúde e a vida dos trabalhadores.

Uliane da Rosa - Sindmetal de Caxias do Sul

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.