Sidebar

10
Seg, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O instituto Intercâmbio, Informações, Estudos e Pesquisas (IIEP), que acompanha as questões relativas aos direitos humanos e os encaminhamentos da Comissão Nacional da Verdade sobre as violações aos direitos humanos no período de 1946 a 1988 divulga a Plataforma de Justiça de Transição.

Confira a Plataforma de Justiça de Transição aqui.

A plataforma é um documento que a ser encaminhado aos candidatos para que se comprometam a dar seguimento às recomendações da Comissão Nacional da Verdade. A coletiva de imprensa ocorre no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, nesta sexta-feira (28), às 16h. 

Leia abaixo o convite para a entrevista coletiva:

Foi construído um documento sobre Justiça de Transição que está sendo apresentado aos candidatos a cargos eletivos para que assumam compromissos pela implementação de decisões que permitam retirar o chamado "entulho autoritário" da ditadura. Paralelamente, o Comitê Paulista por Memória, Verdade e Justiça lançou uma carta aberta, convocando os candidatos a assumirem uma agenda de encaminhamento das recomendações da Comissão Nacional da Verdade.

Existem muitas iniciativas de grupos e comissões da verdade para continuar as tarefas assumidas desde a década de 1970 pelo movimento de familiares de presos e desaparecidos políticos na luta pela anistia ampla, geral e irrestrita. Essa trajetória pareceu ter seu ponto alto nas conclusões da Comissão Nacional da Verdade (CNV). As recomendações da Comissão, no entanto, ficaram sem aplicação. A CNV trabalhou com os eixos de memória e verdade. Cabe, agora, construir apoio popular para as tarefas de justiça e reparação.

Nessa sexta-feira, 28 de setembro, às 16 horas, no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, estaremos em uma entrevista coletiva com ex-presos políticos, membros de comissões e comitês da verdade, associações de anistiados e anistiando e movimentos de luta pelos direitos humanos para difundir essa plataforma a ser assumida pelos candidatos que tiverem identidade com o tema.

Estamos convidando particularmente os que trabalham ou militam na imprensa que tenham interesse em conhecer a iniciativa e dar difusão.

Serviço

O que: Entrevista coletiva sobre Plataforma de Justiça de Transição

Onde: Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo (Rua Rêgo Freitas, 530 – República – São Paulo)

Quando: Sexta-feira (28), às 16h

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault