Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os sete principais sindicatos da França voltam às ruas nesta terça-feira (28) para manifesta-se conta o projeto de reforma trabalhista que deve ser votado no fim da tarde no Senado.  

Leia também: Sem acordo, franceses anunciam novos protestos contra reforma trabalhista

Em comunicado, as organizações lamentaram que o presidente, François Hollande ignore às suas reivindicações. De acordo com o secretário-geral do sindicato Fuerza Obrera, Jean-Claude Mailly, os protestos devem continuar em setembro, se o presidente seguir adiante com o projeto sem modificar os pontos que mais prejudicam os trabalhadores.

Desde o dia 9 de março, os franceses protestam contra a reforma trabalhista proposta pelo governo para “enfrentar a crise  de desemprego” que atualmente assola o país.

As forças de segurança francesa reprimiram as manifestações em várias ocasiões e detiveram dezenas de manifestantes.

Com informações da Telesur 

0
0
0
s2sdefault