Sidebar

23
Ter, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Como parte dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, inaugura nesta sexta-feira (9), a Casa Rosângela Rigo para encaminhar a locais seguros mulheres em risco.

Localizada na zona norte, a casa visa atender as mulheres que “não podem voltar para casa o mesmo dia em que denunciou o agressor, pois pode ser morta”, explica Denise Mota Dau, secretária municipal de Políticas para as Mulheres.

Já a secretária da Mulher Trabalhadora da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Ivânia Pereira afirma que é “muito importante que existam casas como essa que vai ser inaugurada em todas as cidades para dar proteção e acolhimento àquelas mulheres que se voltarem para casa podem ser assassinadas por seus agressores por tê-los denunciado”.

Ela conta que essa é a primeira casa desse tipo do estado de São Paulo. Isso, diz ela, mostra a “total necessidade de se ter Secretaria de Políticas para as Mulheres em todos os estados e cidades do país”.

O pior é que o novo prefeito, João Doria, da maior cidade do país já afirmou que vai extinguir a secretaria da Mulher, de Igualdade Racial, Direitos Humanos e LGBT. “Sem essas secretarias, fica muito difícil a elaboração de políticas públicas que atendam às necessidades da maioria da população”, defende Dau.

spm sp casa da mulher paulistana

Serviço

O que: Inauguração da Casa da Mulher Paulistana da zona norte – Casa Rosângela Rigo

Onde: Rua Castro Maia, 251, Jardim São Paulo

Quando: Sexta-feira (9), às 10h

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.