Sidebar

24
Dom, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Esta quarta-feira (13), foi marcado pelo “Dia do Fico na Luta”, realizado pelos trabalhadores em Educação do município de Salvador. Com as atividades paralisadas por 24 horas, a categoria juntamente com APLB-Sindicato e SINDSEPS, realizaram uma manifestação na Praça Municipal, com participação de outras entidades representativas dos servidores municipais.

Durante o ato, lideranças sindicais se revezaram ao microfone para destacar a importância da continuidade do movimento. “Vamos continuar na luta pela educação e pela saúde e aos ataques aos direitos dos trabalhadores, nós somos contra a proposta apresentada pelo prefeito ACM Neto, que prevê a exclusão da progressão de salários do plano de cargos e carreiras dos servidores”, afirmou Marilene Betros, secretária de Políticas Educacionais da CTB nacional.

A manifestação foi marcada com muita disposição de luta, os servidores mostraram ao Executivo Municipal a sua indignação e descontentamento com a gestão do município, principalmente em relação às políticas para as áreas essenciais, como saúde e educação.

Os servidores aprovaram durante o ato uma paralisação de 72 horas, a partir da próxima segunda-feira (18), com manifestações diárias em frente à Câmara de Vereadores.

Fonte: CTB Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.