Sidebar

19
Dom, Ago

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Companhia Energética do Piauí (CEPISA) vai à leilão nesta quinta-feira (26), mesmo com todos os processos legais sendo atropelados pelo Governo Federal e BNDES. Os trabalhadores da empresa estarão em greve por 48 horas, nos dias 25 e 26, em protesto contra a privatização da companhia, que será a única das distribuidoras da Eletrobras a ser leiloada nesta data.

Depois de, no último dia 16, o Governo Temer confirmar a realização do leilão da CEPISA, o Sindicato dos Urbanitários, juntamente com os demais sindicatos das outras cinco distribuidoras do Sistema Eletrobras, através do escritório Advocacia Garcez, entraram com ação para suspender a realização do certame, já que os processos legais necessários para o leilão acontecer foram atropelados e forjados, como o caso da Assembleia de Acionistas, que teve sua ATA falsificada, como já tinha sido provado pelo Sindicato.

 O Governo do Estado do Piauí também entrou com ação para que o leilão seja suspenso, devido às comprovações legais de que o certame não tem sustentação jurídica para ser realizado, além de ter um valor irrisório (50 mil reais) diante do patrimônio real da companhia.

“O Sindicato, juntamente com a categoria, irá lutar até o fim em defesa do patrimônio do povo piauiense e esperamos que a Justiça seja sensata e suspenda a realização do certame, que discrimina nosso Estado, já que a CEPISA foi a única distribuidora mantida no leilão”, afirma Paulo Sampaio, presidente do Sindicato.

Mesmo não fazendo parte do leilão, os trabalhadores das outras cinco distribuidoras também estarão paradas em solidariedade à categoria piauiense.

Federação Nacional dos Urbanitários 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.