Sidebar

12
Qua, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos de São Paulo (Sintect-SP) realizou no último sábado (22/07), uma grande plenária com os delegados e delegadas sindicais da CTB/Correios.

O encontro contou com a participação dos diretores da Federação Interestadual dos Sindicatos dos Correios (Findect), Marcos Sant’aguida (RJ) e Rufino (TO), Manoel Feitoza e do Deputado Federal Orlando Silva (PC do B-SP).

Após a abertura do Secretário-Geral, Ricardo Adriane (Negopeixe), os convidados realizaram uma análise de conjuntura. O foco da análise foi a seriedade de se manifestar e lutar contra as reformas do governo Temer e os desafios dos trabalhadores no atual cenário do Brasil.

Após intensos debates dos delegados sindicais, o advogado do Sindicato, Fabrício Máximo, realizou uma explanação sobre a reforma trabalhista e os impactos aos trabalhadores dos Correios, ressaltando que é fundamental a mobilização dos trabalhadores neste acordo coletivo, tendo em vista que as mudanças na CLT atingiram mais de 200 pontos.

“Não há um ponto sequer na reforma, ou “deforma trabalhista”, que beneficie o trabalhador. As novas leis beneficiam apenas o empregador, dificultando principalmente a ida do trabalhador na justiça do trabalho em busca de reivindicar seus direitos.” Ressaltou o advogado do sindicato Fabrício Máximo.

“O momento é um dos mais difíceis para a classe trabalhadora por conta do governo golpista que tem promovido o desmonte dos direitos trabalhistas. No entanto, estamos fortalecidos com a unidade da categoria, demonstrada na participação efetiva dos trabalhadores de São Paulo, em todas as greves gerais neste ano. E a luta não acabou, nesta campanha salarial não iremos aceitar nenhum direito a menos”, disse o secretário-geral, Negopeixe.

Além de aprofundar o debate sobre a reforma trabalhista, a Plenária dedicou a maior parte da programação acerca da Campanha Salarial e da importância das eleições do Postalis, que se iniciam nesta quinta-feira, 27 de julho. Desta vez, os Trabalhadores poderão votar em 4 chapas, sendo 2 para o Conselho Deliberativo, 1 para o Conselho Fiscal e 1 para a Diretoria de Benefícios.

Fonte: Sintect-SP

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.