Sidebar

20
Qui, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A estatística do trabalho infantil no mundo é gritante. Para piorar, o tipo de trabalho que as crianças exercem é extremamente perigoso. Sendo assim, ficou determinado a criação do Dia Mundial contra o Trabalho Infantil em 2002, para o dia 12 de junho. 

Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), no mundo, mais de 152 milhões de crianças entre 5 e 17 anos são submetidas ao trabalho. No Brasil são 2,7 milhões na mesma realidade. Dessas, 59% são meninos, e 41% meninas. A maioria está na região Nordeste (33%). Pernambuco registrou mais de 100 mil casos. 

As marcas deixadas na infância por esse fator social trágico são preocupantes e perduram até a vida adulta. Afeta aspectos físicos, como fadiga, lesões, alergias, fraturas e queimaduras. Além dos aspectos psicológicos, como abusos, baixa autoestima e depressão. As crianças também desenvolvem uma aprendizagem deficiente.

Com informações de bancariosbahia.org.br

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.