Sidebar

21
Dom, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os dados são assustadores. A cada 60 minutos, uma criança ou adolescente morre no país em decorrência de ferimentos por arma de fogo. Em 20 anos (1997-2016), mais de 145 mil jovens com até 19 anos faleceram por conta de disparos.

O estudo da Sociedade Brasileira de Pediatria deve servir para uma análise importante sobre a medida do governo Bolsonaro que libera a posse de armas no Brasil. Com mais armas circulando, os números tendem a disparar.

Somente em 2016, foram 9.517 mortes, praticamente o dobro do verificado há 20 anos. Em 1997, foram 4.846 casos. São Paulo é o estado que mais matou jovens por arma de fogo no período, 21.864 no total. O segundo lugar é do Rio de Janeiro (19.220). A Bahia aparece em seguida, com 13.813 casos.

 

Com informações de bancariosbahia.org.br

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.