Sidebar

10
Seg, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os dados são da Pesquisa Industrial Anual Empresa (PIA Empresa), divulgada na última quinta (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a pesquisa, a produção industrial despencou 70% em apenas dois anos e levou o setor ao menor número de empregados desde 2007.

No fim de 2016, o setor empregava 7,7 milhões de pessoas, 1,3 milhão a menos que o pico atingido em 2013, quando mais de 9 milhões trabalhavam nas indústrias do país.

No período, foram fechadas 2.085 indústrias brasileiras, com a demissão de 400.836 trabalhadores. As demissões, segundo o estudo, foram generalizadas, já que afetaram 26 dos 29 setores avaliados.

Recessão na Construção Civil

O estudo ainda aponta que, em números absolutos, a atividade industrial que mais fechou vagas foi a fabricação de produtos minerais não metálicos. A perda de 56,5 mil vagas foi influenciada pela queda da demanda do setor de construção civil.

O impacto na indústria naval também avançou. Em números relativos, o setor teve uma queda de 49% do pessoal ocupado em apenas dois anos. O setor tinha 61,5 mil vagas em 2014 e fechou 2016 com 31,5 mil. O estado mais afetado foi o Rio de Janeiro, com 23 mil vagas foram fechadas, e o contingente de 31 mil trabalhadores caiu para apenas 8 mil.

Portal CTB - Com informações das agência

0
0
0
s2sdefault