Sidebar

18
Ter, Set

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A nova pesquisa CUT/Vox Populi divulgada nesta quarta-feira (12) confirma o poder de transferência de voto de Lula, preso em Curitiba e impedido de concorrer à presidência da República pelo Tribunal Superior Eleitoral.

A performance do ex-prefeito de São Paulo tem seu melhor resultado no Nordeste, região onde alcançou 31% das intenções de voto. O pior desempenho é na região Sul (11%).

O levantamento mostrou que A coligação O povo feliz de novo (PT-PCdoB-PROS) com Fernando Haddad para presidente e Manuela D'Ávila, como vice, fica na liderança quando o eleitor é informado que Haddad é o candidato apoiado pelo ex-presidente. 

Com esta metodologia escolhida pela pesquisa, o petista Fernando Haddad alcança 22% de intenção de votos e assume a liderança na disputa, à frente de Jair Bolsonaro, com 18%.  

Ciro Gomes, do PDT, registra 10%, enquanto Marina Silva, da Rede, e Geraldo Alckmin, do PSDB, aparecem com 5% e 4%, respectivamente. Brancos e nulos somam 21%.

A performance do ex-prefeito de São Paulo tem seu melhor resultado no Nordeste, região onde alcançou 31% das intenções de voto. O pior desempenho é na região Sul (11%).

O Vox Populi ouviu 2 mil eleitores em 121 municípios entre 7 e 11 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para cima ou para baixo. O índice de confiança chega a 95%.

O instituto tomou a decisão de associar Haddad diretamente a Lula no questionário, ao contrário das demais empresas de pesquisa. Segundo Marcos Coimbra, diretor do Vox Populi, não se trata de uma indução, mas de fornecer o máximo de informação ao eleitor.

CUT/Vox Populi: Haddad soma 22% e ultrapassa Bolsonaro

Portal CTB com Vox Populi

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.