Sidebar

16
Qua, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Pesquisa realizada em março pelo Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação, do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INTC), revela que para 47,9% dos brasileiros, a ex-presidente Dilma Rousseff sofreu um golpe quando foi afastada do cargo em 2016. A pesquisa foi divulgada na edição desta segunda (7) do jornal Valor Econômico.

O estudo envolveu universidades e pesquisadores de diversas instituições acadêmicas que entrevistou 2.500 domicílios, 179 municípios. "É uma maioria que parece ter sido
formada após o afastamento de Dilma", afirmou o coordenador da pesquisa, Leonardo Avritzer (UFGM).

Realizado antes da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o levantamento mostrou que havia divisão em relação à condenação imposta pelo juiz Sergio Moro. 27,6% discordavam muito da, condenação e 11,5% discordavam pouco. Outros 10,3% não concordavam nem discordavam. E 5% não quiseram ou souberam responder.

Portal CTB - Com informações do Valor Econômico

0
0
0
s2sdefault