Sidebar

18
Sex, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O fotógrafo brasileiro Maurício Lima ao receber o Pulitzer, na noite da quinta-feira, (28), denunciou o golpe em marcha no Brasil e atacou o partidarismo da mídia nacional, liderada pela Rede Globo, mais conhecida como Rede Golpe de Televisão.

Pulitzer é um dos prêmios de jornalismo mais importantes de mundo, tendo sua cerimônia de entrega muito concorrida e grande audiência. Na noite de premiação da Overseas Press Club of America (organizadora do prêmio) compareceram os 500 maiores líderes da imprensa mundial.

"Considero muito importante falar algumas palavras para vocês. Sou do Brasil e tenho certeza que vocês devem saber o que está acontecendo lá nesse momento. E particularmente somos aqui um time de jornalistas do mais alto nível”, afirmou.

Por isso, “gostaria de expressar meu apoio à liberdade de imprensa e à democracia, que é exatamente o que não está acontecendo no Brasil nesse momento. Sou contra o golpe", concluiu e saiu muito aplaudido.

O paulista Maurício Lima é fotógrafo do jornal norte-americano The New York Times e ganhou o Prêmio Pulitzer 2016 de Melhor Reportagem Fotográfica por seu trabalho sobre os refugiados na Europa. Como essa abaixo:

foto mauricio lima pulitzer refugiados

Poucos dias atrás, o mineiro Sebastião Salgado (um dos maiores fotógrafos do mundo) denunciou o golpe conservador numa rádio francesa. Várias reportagens sobre o Brasil têm saído nas mais importantes mídias mundiais, como a CNN e a Al Jazeera, além de publicações impressas.

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy com Intercept, Jornalistas Livres e Mídia Ninja

Veja como foi o discurso comovente de Maurício Lima:

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.