Sidebar

20
Seg, Maio

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Nos dias 8 e 9 de dezembro, a Fetaesp (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Estado de São Paulo) se reuniu com 11 Sindicatos Filiados para a eleição dos delegados e suplentes que irão participar do 12º CNTTR (Congresso Nacional de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares). Além dos Sindicatos de Apiaí, Itararé, Marília, Presidente Epitácio, Palmital, Paulo de Faria, Pilar do Sul, Promissão, Santo Anastácio, Sete Barras e Taquarituba, estiveram presentes, o secretário de política agrária, Zenildo Pereira Xavier e o secretário de meio ambiente da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares), Antoninho Rovaris, e o presidente estadual, Onofre Gonçalves. 

Após a abertura com os membros da diretoria da Entidade, os representantes da CTB discursaram sobre a seriedade de se manifestar contra as reformas presidenciais, principalmente a da previdência, que irá afetar diretamente os agricultores familiares. À tarde, os secretários da Contag destacaram a importância do congresso e dos debates sobre organicidade, estrutura, participação e representatividade sindical, além de ressaltar a necessidade de participação no Congresso para renovação da diretoria e a busca por ampliação dos direitos dos trabalhadores rurais. 

fetaesp plenaria sergio miranda

Sérgio de Miranda saúda particpantes e expõe ameaças aos trabalhadores do campo

Logo depois, foram selecionados os grupos de discussão sobre as Comissões Temáticas constantes no documento base do 12º CNTTR, conforme os temas: Reforma agrária – acesso à terra, território e aos bens comuns; Soberania e segurança alimentar e nutricional, agroecologia e meio ambiente; Desenvolvimento sustentável da agricultura familiar; Agricultura familiar e relações de trabalho; Políticas públicas de proteção social da agricultura; Luta e organização das mulheres do campo, das florestas e das águas por uma sociedade mais justa e igualitária; Organização e luta da juventude trabalhadora rural; Organização e luta dos agricultores e agricultoras familiares da terceira idade e idosos e idosas; Formação político-sindical; e Comunicação popular para chegar à base. Os participantes em posse dos textos base se reuniram e debateram sobre as possíveis alterações a serem realizadas no documento, a fim de apresentar melhorias, retirar partes ou acrescentar sugestões.

Isaac Leite, presidente da Fetaesp, salientou que “no momento que estamos passando atualmente devemos nos unir para reivindicar que nossos direitos sejam mantidos, não nos deixando abater. Participar do Congresso, auxiliando nas formulações é de suma importância, pois, desta forma poderemos demonstrar nossa força e pressionar para que a nossa voz seja ouvida”.

A Plenária faz parte de uma série de ações realizadas para o debate e eleição dos representantes de cada Federação para o Congresso Nacional. Cada Sindicato participante realizou uma Assembleia em sua base de atuação, como pré-requisito para a vinda para a Plenária Estadual.

Fonte: Fetaesp

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015

Últimas notícias rurais