Sidebar

22
Seg, Jul

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A presença do analfabetismo entre jovens e adultos é consequência da desigualdade social existente no país. Pensando nisto, neste sábado (03) o Assentamento Bela Manhã, localizado no município de Teixeira de Freitas, na região do extremo sul baiano, sediou a aula inaugural do Projeto de Educação de Jovens e Adultos “Sim, eu Posso”.

O projeto é inspirado no método cubano de alfabetização e se organiza a partir de tele-aulasO projeto é inspirado no método cubano de alfabetização e se organiza a partir de tele-aulas O projeto é inspirado no método cubano de alfabetização e se organiza a partir de tele-aulas mediadas por um educador que auxiliará no processo educativo, propondo alfabetizar em três meses.

Com o lema “Sim Eu Posso ler e escrever, essa é uma conquista do MST”, o projeto educativo e formativo pretende zerar o analfabetismo em sete áreas de Reforma Agrária até o final do mês de março.

Para a coordenação do MST na região, “nossa trajetória de luta e conquista da terra entende que a educação é um direito primordial para a constituição de homens e mulheres capazes de construir sua própria história. Por isso ao organizar os acampamentos e assentamentos nossa prioridade é alfabetizar o povo Sem Terra”.

As aulas contarão com 17 educadores, quatro coordenadores pedagógicos que conduzirão o projeto, 17 turmas e 180 educandos assentados e acampados. Para a organização das atividades foram adquiridos televisores, materiais didáticos e 90 óculos.

A direção da Escola Popular de Agroecologia e Agrofloresta Egídio Brunetto está na coordenação do projeto e conta com a contribuição do Núcleo de Apoio à Cultura e Extensão Universitária em Educação e Conservação Ambiental (Nace-PTECA) da Universidade de São Paulo (USP) em parceira com o MST.

Fonte: MST

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.