Sidebar

19
Dom, Maio

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Cerca de cem mil trabalhadores e trabalhadoras rurais, coordenados pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), suas 27 Federações e mais de 4.000 Sindicatos filiados em todo o País, participam da Mobilização Nacional em defesa da democracia, contra a reforma da Previdência Social, contra a extinção dos Ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e da Previdência Social, e pela manutenção do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). 

O objetivo da mobilização é reverter o pacote nefasto do interino Michel Temer, que retira direitos e políticas essenciais e precariza os trabalhadores e trabalhadoras rurais. Em Brasília, cerca de 10 mil trabalhadores e trabalhadoras rurais ocuparam o prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Nos estados, acontecem, simultaneamente, ocupações nas agências e gerências do INSS e em superintendências do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

"Parabéns aos trabalhadores e trabalhadoras rurais. Destemidos e ávidos de coragem e determinação. A luta contra o ilegítimo Governo de Temer dá consequência a defesa da Previdência Social social pública e inclusiva, contra o aumento da idade mínima e a ampliação do tempo de contribuição", comemora o presidente da CTB Nacional, Adilson Araújo.

1 mda ocupacao.adilsonjpg

Ele destaca que a jornada de lutas que eclodiu no dia de hoje por todo o país fortalece a resistência pelo país e amplia a luta em defesa dos direitos sociais e trabalhistas. "Eles acabaram com tudo do que era social, se não bastasse acabaram com o MDA entregaram as secretarias ligadas ao campo a Casa Civil, isso revela que o interesse do governo é liquidar as conquistas sociais do nosso povo", denunciou ele.

"Estão tentando colocar uma pá de cal em cima da questão agrária vinculada aos programas de acesso e melhorias das condições de vida do trabalhador e da trabalhadora rural", afirma o líder cetebista.

 

]

 

Araújo destacou que "com essa postura o governo se volta exclusivamente para o atendimento do agronegócio e do latifúndio. Isso tudo vai contribuir mais ainda para o aprofundamento das desigualdades e colocar em cheque a nossa soberania alimentar. Um verdadeiro retrocesso". E emendou: "A CTB seguirá firme e em luta contra os desmandos do governo golpista de plantão. Nenhum direito à menos! Pelo retorno dos Ministérios do Desenvolvimento Agrário, da Previdência Social e o fortalecimento da agricultura familiar".

 

 Confira nossa cobertura fotográfica:

1 mda ocupacao

1 mda ocupacao2

1 mda ocupacao3

1 mda ocupacao4

1 mda ocupacao5

1 mda ocupacao11

1 mda ocupacao10

1 mda ocupacao16

1 mda ocupacao15

1 mda ocupacao14

 

Portal CTB - Cinthia Ribas e Joanne Motai

Fotos e vídeos: Ruth de Souza 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015

Últimas notícias rurais