Sidebar

22
Seg, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB Rio de Janeiro lançou uma nota repudiando as ofensas dirigidas à presidenta Dilma Rousseff na abertura da Copa do Mundo, em São Paulo.

A Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro manifesta, através da presente nota, seu repúdio à postura dos setores mais conservadores da elite brasileira que, durante o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014, não apenas vaiou, mas ofendeu a Presidenta da República em sua moral com palavras de baixo calão, em uma demonstração de anti-republicanismo e de falta de civilidade.

As vaias, que partiram da área VIP do estádio, representam o ódio com o qual as elites brancas lidam com os avanços conquistados pela classe trabalhadora. As vaias e xingamentos machistas à Dilma não foram apenas à figura da presidenta, mas também ao legado que tirou milhões da miséria.

Manifestamos, por fim, nossa solidariedade à Presidenta. Aquelas palavras de baixo calão não representam o povo brasileiro, mas sim uma elite atrasada que não possui nenhum compromisso com o nosso País.

Rio de Janeiro, 16 de Junho de 2014

Ronado Leite - presidente da CTB-RJ

Paulo Sérgio Farias - secretário de Comunicação da CTB-RJ

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.