Sidebar

21
Ter, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
A CTB repudia com veemência a agressão da Polícia Militar aos estudantes e funcionários da USP, ocorrida na tarde desta terça-feira (9).

A ação covarde e violenta da PM agride o estado democrático de direito, pois ao invés de usar a força truculenta da Tropa de Choque do governador José Serra, a direção da USP precisa negociar e respeitar o exercício democrático de greve e liberdade de expressão política.

Direção Nacional da CTB
0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.