Sidebar

21
Qui, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

di_coletivo_comunicacao_bahia_2010A criação do Coletivo de Comunicação, formado inicialmente por 15 entidades sindicais, que terá a tarefa de discutir um projeto para a Regional Bahia, propostas e atividades que melhorem a atuação dos dirigentes, e, sobretudo, que contribua com a atuação nacional da Central, é a principal resolução da reunião proveitosa, que ocorreu sexta, dia 19 de março, na Organização Fraternal São José, em Salvador.

Convocada pela Secretaria de Imprensa da CTB Bahia a reunião contou com a presença de 22 dirigentes sindicais e assessores de comunicação e resultou em uma decisão importante na área para a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil; A Comunicação tem pauta própria, é essencial no processo da luta de classes, na organização política e consciência das categorias, deve ser exercida com profissionalismo, merece atenção especial e investimento político e financeiro das entidades classistas.

Após a leitura do relatório do 1º Encontro Nacional de Comunicação, realizado ano passado em São Paulo, a dinâmica da reunião permitiu a apresentação das experiências de cada entidade com demonstração de suas páginas na Internet, jornais impressos e demais peças, bem como o debate sobre propostas para o 2º Encontro Nacional, que acontece de 25 a 27 de março, em São Paulo. Entre elas, o fortalecimento da marca da Central em todas as peças de divulgação, a idéia unânime de que é necessário implantar, urgentemente, um espaço regional no Portal da CTB, decisão do encontro passado, permitindo às entidades estaduais maior visibilidade para suas atividades, etc.

Segundo Renato Pinto, secretário de imprensa da CTB Bahia, a reunião foi de inestimado valor político; pois “esta área merece um debate especial diante da sua importância na vida cotidiana, não se faz sindicalismo sem democracia e comunicação, nem tão pouco sem investimento pessoal e de infra-estrutura.” Para ele o Coletivo tem diversas tarefas; entre elas, promover cursos de capacitação para os dirigentes sindicais, o primeiro será um curso de oratória, mídia trainee, jornalismo cidadão, comunicação comunitária e de novas tecnologias, disse.

Adilson Araújo, presidente da CTB Bahia, encerrou a reunião elogiando a iniciativa da criação do Coletivo, enfatizando que sua maior tarefa é o debate democrático de idéias para o projeto de comunicação da Regional. Araújo reafirmou a necessidade da atuação destacada das entidades sindicais neste ano eleitoral, e da divulgação ampla das propostas da Central aos trabalhadores, furando o cerco da grande imprensa na luta cotidiana de idéias. 

Conheça as entidades fundadoras do Coletivo de Comunicação da CTB-Bahia: Assufba Sindicato, Fetiaba, Sindibeb, Comerciários de Itabuna, Sinposba, Sindicarne, Sintracom, Bancários da Bahia, Bancários de Itabuna, Bancários de Vitória da Conquista, Federação dos Metalúrgicos da Bahia, Sinaes, Comerciários de Salvador e Sadejorba.

Kardé Mourão - CTB Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.