Sidebar

19
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
A matéria foi votada na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara Federal. O relatório do deputado Júlio Delgado (PSB-MG), contra a convenção, foi aprovado por 20 votos a 1. Tal resultado representa uma vitória do forte lobby patronal e um revés para o movimento sindical. Além de Delgado, dois outros parlamentares do PSB votaram contra os interesses da classe trabalhadora: Marcondes Gadelha (PSB-PB) e Eduardo Lopes (PSB-RJ).

Jóilson afirmou que vai entrar com representação contra os três parlamentares junto à direção nacional do PSB. “Afinal”, disse o sindicalista, “todos os congressos do nosso partido definiram uma posição clara em defesa da Convenção 158 da OIT. Não podemos permitir que deputados socialistas votem impunemente contra os interesses da classe trabalhadora”, arrematou.
0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.