Sidebar

22
Ter, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Amplo e representativo. Estas foram as marcas do ato de abertura do 4º Congresso da CTB Bahia, que aconteceu na noite desta sexta-feira (9/6), em Salvador. Composta por lideranças de diversos segmentos, a mesa de abertura precisou ser duplicada, com a colocação de uma segunda fileira de cadeiras ao fundo. O fato mostra o alcance das ações da Central no estado, que estreitou as relações com as entidades do movimento social, sindical e de diversos ramos da sociedade.

O ato contou com a presença do presidente da CTB Nacional, Adilson Araújo, que convocou a classe trabalhadora para a manter a unidade neste momento de disputa . “Precisamos de toda a ajuda possível, se quisermos barrar a reforma trabalhista e da previdência. Se não nos unirmos agora, não vamos sobreviver às eleições de 2018. Temos que trabalhar para eleger representantes do campo progressista para tentar barrar o retrocesso contra a classe trabalhadora”, afirmou.

congresso ctbba

Fizeram parte da mesa ainda, a Consul de Cuba, Laura Pujol; Marivaldo Dias, assessor da Secretária de Relações Institucionais ( Serin), representando o governador Rui Costa. Presidente da CUT, Cedro Silva; da UGT, Magno Lavigne; da Nova Central, José Ramos; a senadora Líidice da Mata ( PSB); os deputados federais comunistas Daniel Almeida, Davidson Magalhães e Alice Portugal; a secretária Estadual do Trabalho, Olívia Santana, e de Política Para Mulheres, Julieta Palmeira; o vereador de Salvador Hélio Ferreira; a presidente da Unegro Bahia, Sirlene Silva; Natan Ferreira, vice presidente da UNE; presidente da Flemacom, Lúcia Maia; Ana Georgina Dias, assessora técnica do Dieese; o ex deputado Álvaro Gomes.

Para o presidente da CTB Bahia, Aurino Pedreira, o primeiro dia do Congresso foi bastante positivo. “O auditório se manteve cheio durante todo o tempo, com trabalhadores de todas as regiões do estado, de diversos segmentos .Tinha o povo mais antigo e também a juventude. Foi tudo muito positivo”, avaliou.

Confira a programação deste sábado, quando os delegados e delegadas elegerão a nova diretoria e aprovarão plano de lutaspara apróxima gestão.

Dia 10 de junho, sábado

9h – Retomada do debate do Documento Base.

10h – Fim do credenciamento dos delegados e início do credenciamento dos suplentes.

10h30 – Apresentação do plano de lutas da CTB Bahia.

11h – Fim do credenciamento dos suplentes

11h30 – Invenção Especial – A 4ª Revolução Industrial

12h – Almoço

14h - Aprovação do plano de lutas da CTB Bahia e das emendas ao Documento Base

15h- Eleição da nova direção e Conselho Fiscal da CTB Bahia 2017-2021.

17h- Encerramento.

Fonte: CTB Bahia

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.