Sidebar

25
Seg, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Diante das injustiças e desmandos do Governo Temer com a classe trabalhadora do país, o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário dos Estados da Bahia (Sinpojud) orienta seus filiados e funcionários a aderirem a paralisação, nesta sexta-feira, 28 de abril.

Os trabalhadores e as centrais sindicais se mobilizarão a partir das 6h em frente ao Shopping da Bahia e as 15h haverá uma passeata com concentração no Campo Grande.

O Sinpojud orienta aos servidores da capital a participarem das mobilizações nos dois horários. Os servidores do interior também devem aderir as mobilizações nas cidades que promoverem tais movimentos. Já os servidores das Comarcas que não participarem dos atos, devem se mobilizarem nas portas dos Fóruns.

O movimento ocorre em protesto às Reformas Trabalhista e da Previdência que retiram direitos dos trabalhadores do país.

De acordo com a Confederação dos Servidores Público do Brasil (CSPB), o conjunto de reformas do governo tem por objetivo gerar sobras para o pagamento de juros indecentes e injustificáveis para banqueiros, especuladores, rentistas e demais operadores do mercado financeiro, que abocanham, todos os anos, a faixa de 45% do orçamento nacional.

Para os servidores, este é o principal motivo de estarmos diante do maior golpe contra a legislação trabalhista, o sistema previdenciário e as políticas de proteção social do nosso país. "Esta agenda, que não se sustenta sob nenhuma análise técnica dos argumentos que perseguem sua defesa, está decidida a implementar um cáos e precisa ser combatida com o melhor dos nossos esforços".

Portal CTB com Sinpojud

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.