Sidebar

25
Seg, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Uma intensa agenda de greves, atos e mobilizações está sendo preparada para esta sexta-feira, 30 de junho, contra as reformas trabalhista e da Previdência, contra o governo Temer e por eleições diretas. As centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo estão organizando as manifestações, que vão culminar com um grande ato na Av. Paulista.

Em reunião de balanço, realizada pelas frentes no último dia 26, ficou acertado que atos descentralizados acontecerão em Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, São José do Rio Preto, Baixada Santista e Presidente Prudente.

Na capital, estão programados protestos e bloqueios em vias a serem realizados pelos movimentos sociais. Empresas públicas e privadas também terão greves de dia inteiro ou paralisações parciais durante o expediente. O Sindicato dos Metroviários aprovou indicativo de greve e vai fazer nova assembleia para organizar a paralisação amanhã, dia 29/6.

Às 11h, as centrais sindicais farão um ato contra as reformas, em defesa dos direitos e da aposentadoria e contra o desemprego, em frente à Superintendência Regional do Trabalho (Rua Martins Fontes, 109 – Centro).

A principal manifestação da capital está convocada para às 16h, na Avenida Paulista, em frente ao MASP. De lá, sairá em caminhada pela Consolação, Praça da República, Xavier de Toledo, Viaduto do Chá e terminará em frente à Prefeitura de São Paulo.

SERVIÇO:

São Paulo: Às 11h, as centrais sindicais farão um ato contra as reformas, em defesa dos direitos e da aposentadoria e contra o desemprego, em frente à Superintendência Regional do Trabalho (Rua Martins Fontes, 109 – Centro).

Às 16h, em frente ao Masp, na avenida Paulista

Campinas: Concentração a partir das 11h, no Largo do Rosário - ato às 17h.

São José do Rio Preto: Manifestação no dia 30 de junho de 2017. Concentração: 8h30 da manhã, na Praça da Figueira, ao lado do Senac, no bairro  Santa Cruz (Rua Silva Jardim x Rua Minas Gerais).

Fonte: CTB-SP

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.