Sidebar

14
Sex, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Após discursar em São Paulo, o presidente da CTB, Adilson Araújo, seguiu para Curitiba onde acontecerá o ato unificado das centrais sindicais.

Na capital paulista, a manifestação de 1° de Maio segue agora com ato político e participação de lideranças dos movimentos sociais e sindical.

Em Curitiba, este 1° de Maio será histórico: reunirá pela primeira vez todas as centrais sindicais em um único ato público, colocando as divergências entre as entidades em segundo plano.

O foco será a liberdade de Lula e um conjunto de pautas trabalhistas, entre elas, a defesa de uma política econômica que promova crescimento e crie empregos, o fim da lei do congelamento de gastos e a revogação da reforma Trabalhista.

Já estão em Curitiba dirigentes da CTB, CUT, Força Sindical, NCST, UGT, CSB e Intersindical e líderes de movimentos sociais, como MST, MTST, UNE e Central de Movimentos Populares.

Vão se apresentar na manifestação as cantoras Beth Carvalho, Ana Cañas e Maria Gadú, entre outros artistas.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault