Sidebar

14
Sex, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (CONTEE) inaugurou sua nova sede, em Brasília,  na noite nesta quinta-feira (26). A CONTEE é uma entidade sindical de terceiro grau que congrega 88 sindicatos e 10 federações de professores(as) e técnicos(as) e administrativos(as) do setor privado de ensino, da educação infantil à superior – representando atualmente cerca de 1 milhão de trabalhadores(as) brasileiros(as). O evento teve a participação de representantes das diversas entidades,  entre elas, a CTB, que compõem a direção da organização. 

Uma das principais bandeiras da entidade é a defesa da Educação como direito e bem público, de responsabilidade do Estado, bem como o fortalecimento da Educação Pública. Para o coordenador geral da instituição,  Gilson Reis, a nova estrutura representa ainda um espaço de luta e resistência frente a atual conjuntura. 

 "Nós do movimento sindical brasileiro dos trabalhadores na Educação estamos aqui, hoje, inaugurando a sede nacional da nossa entidade, criando com isso uma trincheira de lutas, de organização e diálogo, que vai absorver e trazer para dentro desse epaço, não só os profesores auxiliares, mas trabalhadores de todo o país e todas as organizações, porque esse é um espaço de luta de resistência no atual contexto do Brasil. Reafirmamos que o movimento sindical tem coragem para resistir e vai construir perspectivas para que, num futuro próximo, possamos virar esse jogo", afirmou Gilson Reis, coordenador geral da entidade. 

"Nesse momento gravíssimo da história do Brasil, no curso de um golpe de estado imposto à sociedade brasileira para desmontar a seguridade social, os direitos dos trabalhadores, a democracia, a CONTEE, parceira da CTB, inaugura esta sede como um sinal de esperança para o povo, para dizer que existe esperança.

Este é um ano decisivo, de eleição, e uma das saídas é elegermos um presidente, um Congresso que tenha compromisso com a soberania nacional e a classe trabalhadora", afirmou Railton Nascimento, presidente da CTB-Goiás.

Para Nara Teixeira, secretária de Relações do Trabalho da CONTEE, "a nova sede é um espaço para todas as entidades e movimentos sociais que precisarem de uma estrutura em Brasilia para suas atividades. Para nós é muito importante, numa conjuntura tão adversa ao movimento social e sindical, inaugurarmos esta sede, que representa um patamar de resistência nesse momento tão contrário à organização do nosso povo".

Fátima Silva, vice-presidente da CTB, diz que "a nova estrutura proporciona uma aproximação maior da Confederação com as categorias que apoia e representa e isso,  obviamente,  trará resultados positivos na luta contra os retrocessos em curso".

De Brasília,  Ruth de Souza  - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault