Sidebar

13
Qui, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai pedir à Procuradoria-Geral da República (PGR) que investigue as declarações do coronel do Exército Carlos Alves em um vídeo divulgado por ele no qual ataca e ameaça a ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No vídeo, ele a chama de "salafrária, corrupta e incompetente", entre muitas outras menções desrespeitosas, além de ameaçá-la caso ela aceite as denúncias do PDT e do PT. 

O ministro Celso de Mello criticou 'ódio visceral' de vídeo contra a presidente do TSE. E os ministros aprovaram por unanimidade requerimento proposto por Gilmar Mendes para envio do caso à PGR.

Assista: 

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault