26
Ter, Set

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A emissora Telesur deu ampla cobertura aos protestos e afirmou que “os brasileiros se uniram em uma grande greve nacional”. O veículo também deu destaque à fala do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e fez uma galeria, em seu site, com as principais imagens do Dia Nacional de Paralisações.

Um milhão de pessoas saíram às ruas contra as reformas de Michel Temer

O jornal mexicano La Jornada trouxe uma galeria de fotos das manifestações pelo país. O periódico afirma que “a intenção do presidente brasileiro Michel Temer de aumentar os anos de contribuição e incrementar a idade mínima para se ter direito à aposentadoria provocou uma mobilização nacional”. O jornal também citou o fato de que houve paralisação no transporte público em São Paulo e que centenas de manifestantes ocuparam o Ministério da Fazenda, em Brasília.

Com o título "Fortes protestos no Brasil contra os ajustes de Temer", o boliviano El Deber, reproduziu uma reportagem da agência AFP que relata que que aconteceu na capital federal. “Com cruzes brancas e um caixão de papelão instalados em frente ao Congresso, os manifestantes rechaçaram o projeto de reforma do sistema de aposentadorias que, se for aprovado sem mudanças, exigirá contribuições durante 49 anos para se obter o benefício integral das pensões”, afirma o texto.

O Clarín, da Argentina, disse que o Brasil se encontra “convulsionado” por protestos e revelações sobre o caso da Petrobras, em referência à lista apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com nomes de políticos que teriam recebido dinheiro da construtora Odebrecht.

Já o Cubadebate lembrou que as manifestações coincidiram com o início de uma greve geral dos trabalhadores da educação pública.

Com informações do Opera Mundi