Sidebar

16
Ter, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Copa da Rússia começou com 32 seleções de países de todos os continentes. Agora as 16 melhores colocadas na fase de grupos se enfrentam num esquema de “mata-mata”, ou seja a equipe vencedora segue adiante e a outra volta para casa, com o consolo de estar entre as 16 melhores do mundo, dentre as quais não está mais a Alemanha, uma das surpresas negativas da 21ª Copa do Mundo da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Neste sábado (30) se enfrentam as seleções da Argentina e França, às 11h e Uruguai e Portugal, às 15h. Os vencedores jogam pelas quartas de final, na sexta-feira (6), às 11h. 

Já no domingo (1º) jogam Espanha e Rússia, às 11h e a Croácia pega a Dinamarca, às 15h. Os vencedores se enfrentam no sábado (7), às 15h.

O Brasil entra em campo na segunda-feira (2) contra outro latino-americano, o México, às 11h. A Bélgica pega o Japão, único asiático a se classificar para esta fase, às 15h. Se o Brasil passar pelos mexicanos pega o vencedor desse jogo, na sexta-feira (6), às 15h.

Encerram as oitavas a Suécia contra a Suíça, às 11h e a Colômbia versus a Inglaterra, às 15h, na terça-feira (3). Os vencedores fazem as quartas de final no sábado (7), ás 11h. Os quatro times que vencerem fazem a semifinal.

As bolas fora dos torcedores brasileiros e também de outros países assediando as mulheres estraga o espetáculo, mas a festa segue e os babacas vão ficando para trás. São boas as chances de ao menos uma seleção latino-americana chegar à final no domingo (15). Será o hexa tão desejado desde a conquista do penta em 2002.

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.