Sidebar

16
Sex, Nov

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Na manhã desta quinta-feira (14), o Coletivo Internacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) realizou, em São Paulo, sua primeira reunião sob a condução do secretário de Relações Internacionais, Nivaldo Santana, eleito no 4º Congresso da central, realizado em agosto.

Durante o encontro, o ex-secretário da pasta, Divanilton Pereira, fez um balanço da sua gestão, principalmente, no último ano e destacou o protagonismo alcançado pela central em sua atuação no cenário mundial.

Nivaldo Santana, que coordenou a mesa formada pelo secretário de Relações Internacionais Adjunto, Calos Muller e pela dirigente Marilene Betros, fez uma breve análise da atual conjuntura nacional e internacional e os desafios da central para o próximo período.

Nesta primeira reunião com os novos membros do grupo definiu-se os coordenadores para iniciativas como o Encontro Sindical Nossa América (ESNA), Organização Internacional do Trabalho (OIT), Brics Sindical, entre outros espaços em que a central atua.

Outro aspecto levantado pelos participantes foi sobre a relevância da formação sindical para que os dirigentes cetebistas tenham uma atuação mais contundente nos fóruns internacionais, por isso será realizada, em 2018, a 1ª Oficina do Sindicalismo Internacional.

Também foi debatido o fortalecimento da Federação Sindical Mundial (FSM), entidade à qual a CTB é filiada, e a importância da resistência e unidade do movimento sindical internacional diante da onda conservadora enfrentada na região assim como a aproximação com os países do cone sul.

No fim da atividade, falou-se sobre a atuação da CTB no Fórum Social Mundial que será realizado na Bahia no próximo ano. 

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.