Sidebar

22
Seg, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) expressa seu mais veemente repúdio ao assassinato do Embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, morto nesta segunda-feira (19). 

O diplomata realizava um discurso durante a abertura da exposição "Rússia com olhos dos turcos" na capital do país, Ancara, quando um homem vestido de terno e gravata disparou pelo menos oito tiros contra ele que não resistiu aos ferimentos.

A CTB se solidariza com a família do embaixador, o povo e o presidente russo, Vladmir Putin e ratifica seu apoio às contundentes ações e esforços da Rússia em defesa da paz na Síria e em toda a região.

O apoio da Rússia ao governo sírio foi essencial para a recente libertação de Alepo na reconquista das áreas ocupadas por rebeldes extremistas, apoiados por potências imperialistas ocidentais e países da região.

Além de ser um ato de barbárie, este atentado tem por objetivo causar tensão e desestabilização regional, ao tratar-se do assassinato de um diplomata cujo ofício, por definição, é a promoção da paz e do diálogo.

Adilson Araújo, presidente da CTB 
Divanilton Pereira, secretário de Relações Internacionais 

Foto: EPA/SERGEI ILNITSKY

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.