Sidebar

20
Dom, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

“A grande vitória do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) nas eleições municipais deste último fim de semana é mais um importante passo para deter a ofensiva da direita conservadora, consolidar o processo de transformações na Venezuela e abrir novas perspectivas para o povo venezuelano”, comemorou o secretário de Relações Internacionais da Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB), Nivaldo Santana, ao comentar a vitória do chavismo nas urnas.

As eleições municipais na Venezuela, realizadas no domingo (10), levaram mais de nove milhões às ruas do país, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE). O voto não é obrigatório.

Os candidatos socialistas conquistaram as principais cidades e venceram em 300 dos 335 municípios. “Terminamos o ano de 2017 vitoriosos e assim devemos continuar”, afirmou o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em discurso realizado na Praça Bolívar, onde estavam concentrados milhares de venezuelanos.


Maduro destacou que com o resultado “a esperança popular triunfou”, disse, ao lado da prefeita Érika Farias, eleita com 66,17% dos votos. Ela será a primeira mulher a assumir o cargo no município Libertador de Caracas, o maior do Distrito Capital.

Este é o terceiro triunfo da Revolução Bolivariana que em agosto deste ano elegeu uma nova Assembleia Constituinte, com votação histórica, e em outubro conquistou 75% dos governadores do país.

Para Nivaldo Santana, este resultado refletirá em toda a região, atualmente atingida pelo avanço conservador. “Esta vitória tem a importância adicional de fortalecer o campo progressista na América Latina”, expressou o dirigente. 

Portal CTB com informações da TeleSUR 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.