Sidebar

20
Seg, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Por meio de uma nota, a Federação Nacional dos Professores de Portugal (FENPROF), saudou a classe trabalhadora brasileira pela realização, nesta sexta-feira (11), do Dia Nacional de Paralisações e Atos.

A CTB participa das atividades, que ocorrem durante todo o dia, em defesa dos direitos da classe trabalhadora que estão sendo ameaçados pelas propostas do governo biônico de Michel Temer.

Leia abaixo a íntegra:

Saudação a todos os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil que lutam contra o golpe e a retirada de direitos 

A Federação Nacional dos Professores de Portugal (FENPROF) manifesta a sua mais profunda solidariedade para com todos os trabalhadores do Brasil, em particular os professores e professoras que continuam a lutar contra o golpe que levou ao afastamento do governo legítimo eleito pelo povo brasileiro, bem como contra a retirada de direitos que está a ser concretizada pelo atual governo.

Como tal, a FENPROF (Federação Nacional dos Professores de Portugal) vem saudar e solidarizar-se com os companheiros e companheiras das confederações sindicais de professores e centrais sindicais, designadamente CNTE, CONTEE, CUT e CTB, que convocaram uma Greve Geral para 11 de novembro, contra a reforma da Previdência, pela qual o governo pretende agravar as condições de aposentação, a Emenda Constitucional (PEC) e a desregulação das leis laborais, com graves prejuízos para os trabalhadores.

Essa vossa luta é muito importante e corresponde à luta que também em Portugal, e um pouco por todo o mundo, os trabalhadores vêm desenvolvendo, no sentido de afirmarem os seus direitos, impedindo os retrocessos que as forças ao serviço do capital pretendem impor.

Lisboa, 10 de novembro de 2016
O Secretariado Nacional da FENPROF

Érika Ceconi - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.