Sidebar

19
Dom, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

“A Federação Sindical Mundial, em 2018, multiplicará seus esforços (...) para se propagar, no seio dos sindicatos, a tão importante batalha de Stalingrado, que mudou o curso da Segunda Guerra Mundial e mostrou a supremacia do modo de produção socialista”, diz nota divulgada pela entidade.

No comunicado, a FSM lembra do papel decisivo que a vitória do Exército Vermellho contra as tropas alemães teve durante a 2ª Guerra,"O dever do movimento sindical orientado para a classe internacional é espalhar a verdade histórica, preservar e honrar a memória daqueles que dedicaram as suas vidas pela liberdade e pela abolição da exploração do homem pelo homem", frisa o documento. 

Leia abaixo a íntegra:

2 de fevereiro de 1943: a vitória em Stalingrado que mudou a história

Hoje, 2 de fevereiro de 2018, 75 anos passaram desde a grande vitória do Exército Vermelho contra as tropas de Hitler. A batalha de Stalingrado (1942-1943) teve 700.000 mortes e mudou a história da Europa e da humanidade desde que a União Soviética destruiu os sonhos de Hitler de dominação mundial.

O dever do movimento sindical orientado para a classe internacional é espalhar a verdade histórica, preservar e honrar a memória daqueles que dedicaram as suas vidas pela liberdade e pela abolição da exploração do homem pelo homem. Hoje é o dever de todos nós descobrir os esforços daqueles que tentam "reescrever a história" com mentiras e eventos fabricados.

A Federação Sindical Mundial, em 2018, irá multiplicar os seus esforços com seminários e formação sindical para se propagar no seio dos sindicatos a tão importante batalha de Stalingrado, que mudou o curso da segunda guerra mundial e mostrou a supremacia do modo de produção socialista.

O Secretariado

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.