Sidebar

25
Seg, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O presidente ilegítimo do Brasil, Michel Temer, enfrentou um protesto durante seu discurso na abertura da 71ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York (EUA), nesta terça-feira (20), quando delegações de seis países latino-americanos deixaram o auditório, após ele ser anunciado. (Confira vídeo abaixo):

 

Rejeição a Temer no continente americano é de 86%, indica empresa mexicana

A atitude de representantes do Equador, Costa Rica, Bolívia, Venezuela, Cuba e Nicarágua evidenciam o rechaço da comunidade internacional contra o mandato inconstitucional de Temer, que chegou à presidência sem nenhum voto, após golpe paramentar.

Desde que o afastamento da presidenta Dilma Rousseff foi aprovado, artistas, intelectuais, partidos políticos, movimentos sociais, entre eles a CTB, têm denunciado para o mundo este ataque contra a democracia do país e suas consequências para a classe trabalhadora.

O início dos pronunciamentos na Assembleia Geral das Nações Unidas por um brasileiro ocorre desde 1947, seguindo a tradição do encontro. Temer também enfrentou protestos ao chegar no hotel em que está hospedado para o evento.  

Portal CTB 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.