Sidebar

24
Dom, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
A CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) participou na última sexta-feira (31) e sábado (01) do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, realizado no Rio de Janeiro para debater a 1ª Conferencia Nacional de Comunicação- 1ª CONFECOM (Conferência Nacional de Comunicação) e eleger o seu novo Conselho Deliberativo.



O Encontro consagrou algumas premissas, consideradas como eixos articulados que poderão se transformar em uma espécie de roteiro para o Movimento Social. O FNDC considera que esta Conferencia permitirá um amplo e coletivo debate de interesse diversos, contraditórios, que estão colocados no cenário da comunicação brasileira, que segundo avaliação do próprio Fórum, são colocadas de forma tangenciadas, abordadas de modo incompleto ou premeditadas e as vezes até ignoradas. Elas dizem respeito, por exemplo, as problemáticas decorrentes da convergência tecnológica da radiofusão comunitária, das outorgas de rádio e televisão, das possibilidades sinérgicas da digitalização, da expansão da internet como veiculo de comunicação e do incentivo à leitura.

Os eixos eleitos pelo FNDC, controle público, reestruturação da cadeia produtiva, capacitação da sociedade para o conhecimento e  a ação e a definição de uma política para o desenvolvimento da cultura no país, são estratégicos, que tem relevância na constituição de um marco regulatório, na elaboração de um Plano Nacional de Diretrizes e Metas para o Desenvolvimento da área das comunicações e abrange ainda a implantação de um programa de apoio ao debate teórico e político e à elaboração técnica e cientifica sobre comunicação.

A CTB participou pela primeira vez da Plenária do FNDC e foi eleita para participar do Conselho Deliberativo, junto com outras entidades nacionais, como a Fenadados, Fenajufe, FNPJ, UGT e APUB e 9 fóruns regionais do FNDC.
0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.