Sidebar

17
Qui, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Após convocar a etapa estadual da 1ª Conferência Nacional de Comunicação para os dias 24 e 25 de outubro, o Governo da Bahia instalou nesta sexta-feira (18/9) a comissão organizadora do evento, sob a coordenação da Assessoria Geral de Comunicação Social do Governo (Agecom). A conferência local segue os moldes da nacional que terá como tema “Comunicação: meios para construção de direitos e de cidadania na era digital” e está marcada para os dias 1ª a 3 de dezembro, em Brasília.

A comissão organizadora tem a função de discutir, sistematizar e realizar a conferência estadual, seguindo o modelo federal da relação tripartite entre o poder público, sociedade civil e representantes dos empresários no setor. “A convocação da Conferência representa um grande passo para a democracia e tem uma importância maior ainda na Bahia, onde este debate seria impossível em governos passados”, ressaltou a secretária estadual de Comunicação do PCdoB, Julieta Palmeira, que integra a comissão organizadora estadual da Confecom.

O poder público será representado pela Agecom, Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), a Universidade Federal da Bahia (UFBA), por meio da Faculdade de Comunicação, e a Assembléia Legislativa. Os empresários serão representados pela Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP), o Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro), Sindicato das Empresas de Mídia Exterior (Sepex) e a Central de Outdoor.

Representando a sociedade civil, o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), o Coletivo Intervozes, a Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB), a União Brasileira de Mulheres (UBM), a Cipó Comunicação Interativa e o Conselho Regional de Psicologia (CRP).

A comissão vai se reunir regularmente para discutir a preparação da etapa estadual e as conferências livres, que estão previstas para acontecer em Ilhéus e Itabuna (24/9) e Vitória da Conquista (3/10), além da conferência da Juventude (17/10) em Lauro de Freitas. Há possibilidade de um conferência livre sindical e de conferencias livres intermunicipais.

O pioneirismo baiano em realizar a 1ª Conferência de Comunicação Social do país, em agosto de 2008, impulsionou e ampliou o debate sobre a democratização da comunicação em todo o Brasil, uma vez que provou ser possível discutir aberta e democraticamente, com toda a sociedade, a comunicação enquanto direito social e humano. O evento baiano contou com a presença de mais de duas mil pessoas dos diversos segmentos da sociedade - empresariado, poder público, comunitário, trabalhadores e estudantes – e demonstrou a urgência de se tratar o tema de forma mais ampliada, ou seja, em nível nacional e com todas as instâncias do poder público.

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.