Sidebar

16
Ter, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A militância feminista da capital paulista, com apoio das redes sociais, conseguiu ajudar a polícia a localizar e prender Willy Gorayeb Liger, na cidade de Ubaitaba, no interior da Bahia como suspeitavam os policias do 18º Distrito Policial, no bairro da Mooca, em São Paulo.

Liger é o único suspeito de ter estuprado e assassinado brutalmente a jovem militante feminista Débora Soriano, de apenas 23 anos, no dia 14 de dezembro em bar do bairro da Mooca. De acordo com reportagem da revista CartaCapital, o proprietário do bar, Delano Ruiz Liger, primo do acusado, foi quem o denunciou à polícia.

Na quarta-feira (21) a União Brasileira de Mulheres do município de São Paulo fez ampla divulgação da foto do suspeito. Em dois dias o rapaz de 27 anos, que já tinha mandado de prisão por acusação de estupro foi preso pela Polícia Civil de Ilhéus.

Leia mais

Divulgada a foto de suspeito de ter assassinado Débora Soriano, de apenas 23 anos

Até quando as famílias continuarão chorando a morte de suas filhas por causa do machismo?

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy. Foto: Reprodução/Facebook

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.