Sidebar

16
Ter, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em nota, o Fórum Nacional de Mulheres Trabalhadoras das Centrais Sindicais apresentou orientação para a luta em 2019 e ratificou sua participação na em defesa da aposentadoria e contra a reforma da Previdência Social Pública.

"A partir de 1º de janeiro de 2019 entramos em outro ciclo da história do Brasil. Inaugurado com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff em 2016 e confirmado com a eleição de Jair Bolsonaro em 2018, este ciclo tende a se aprofundar – impondo mais perdas de direitos sociais e trabalhistas para a classe trabalhadora e população mais pobre", diz a nota.

O Fórum também ressaltou seu compromisso com o combate à violência contra a mulher. "Neste 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, nós mulheres das Centrais Sindicais reafirmamos nosso compromisso no combate a todas as formas de violência e discriminação contra as mulheres. SE FERE NOSSA EXISTÊNCIA, SEREMOS RESISTÊNCIA”!! NÃO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA! NÃO A RETIRADA DE DIREITOS! NÃO AO FEMINICÍDIO, NENHUMA A MENOS!!!".

Confira íntegra da nota:

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.